quinta-feira, 10 de julho de 2014

AULA

AULA NORMAL ATÉ O DIA 18/07/2014

AVALIAÇÕES RECUPERAÇÃO 6º AO 9º ANO


DATA
6º ANO
7º ANO
8º ANO
9º ANO
14/07 – 2ª feira
PORTUGUÊS
RACIOCÍNIO
MATEMÁTICA
RACIOCÍNIO
LABORATÓRIO
PORTUGUÊS
MATEMÁTICA
RACIOCÍNIO
CIÊNCIAS
PORTUGUÊS
RACIOCÍNIO
QUÍMICA
15/07 – 3ª feira
GEOGRAFIA
CIÊNCIAS
MATEMÁTICA
LITERATURA
GEOGRAFIA
PORTUGUÊS
LITERATURA
GEOGRAFIA
 
LITERATURA
GEOGRAFIA
 
16/07 – 4ª feira
ESPANHOL
LABORATÓRIO
LITERATURA
ESPANHOL
CIÊNCIAS
ED. FÍSICA
ESPANHOL
ED. FÍSICA
LIBRAS
ESPANHOL
FÍSICA
ED. FÍSICA
LIBRAS
17/07 – 5ª feira
ED. FÍSICA
HISTÓRIA
MÚSICA
HISTÓRIA
MÚSICA
 
HISTÓRIA
MÚSICA
FILOSOFIA
HISTÓRIA
MÚSICA
FILOSOFIA
MATEMÁTICA
18/07 – 6ª feira
INGLÊS
ARTES
INGLÊS
ARTES
INGLÊS
ARTES
INGLÊS
ARTES

domingo, 15 de junho de 2014

PROVAS DO 2º BIMESTRE - 6º AO 9º ANO

                     
DATA
6º ANO
7º ANO
8º ANO
9º ANO
01/07
3ª feira
MATEMÁTICA
PORTUGUÊS
MATEMÁTICA
PORTUGUÊS
 
02/07
4ª feira
LITERATURA LABORATÓRIO
ED. FÍSICA
 
LIBRAS
ED. FÍSICA
 
LIBRAS
ED. FÍSICA
03/07
5ª feira
HISTÓRIA
 
HISTÓRIA
 
PORTUGUÊS
 
MATEMÁTICA
 
04/07
6ª feira
ED. FÍSICA
 
MATEMÁTICA
 
HISTÓRIA
HISTÓRIA
 
07/07
2ª feira
PORTUGUÊS RACIOCÍNIO
RACIOCÍNIO
LABORATÓRIO
CIÊNCIAS
RACIOCÍNIO
QUÍMICA
RACIOCÍNIO
 
08/07
3ª feira
CIÊNCIAS
GEOGRAFIA
LITERATURA
LITERATURA
GEOGRAFIA
LITERATURA
 
09/07
4ª feira
GEOGRAFIA
ESPANHOL
 
ESPANHOL
CIÊNCIAS
GEOGRAFIA
ESPANHOL
 
FÍSICA
ESPANHOL
 
10/07
5ª feira
MÚSICA
 
MÚSICA
 
MÚSICA
FILOSOFIA
MÚSICA
FILOSOFIA
 
11/07
6ª feira
 
INGLÊS
ARTES
INGLÊS
ARTES
INGLÊS
ARTES
INGLÊS
ARTES

terça-feira, 20 de maio de 2014

UMA DICA DA PROFESSORA DE HISTÓRIA (PAULINHA)


Como fazer um bom resumo
Por que resumir um texto? Qual a finalidade?
Bom, a verdade é que se resumo não fosse bom, o professor não insistia em cobrar ou aconselhar que fosse feito!
Resumir é o ato de ler, analisar e traçar em poucas linhas o que de fato é essencial e mais importante para o leitor.
Quando reescrevemos um texto, internalizamos melhor o assunto e não nos esquecemos dele. Afinal, não aprendemos com um simples passar de olhos pelas letras! Dessa forma, podemos até dizer que lemos o texto, mas quanto a assimilar... será difícil afirmar que sim!
O fato de sintetizar um texto ou capítulos longos pode se tornar um ótimo hábito e auxiliá-lo muito em todas as disciplinas, pois estará atento às ideias principais e se lembrará dos pontos chaves do conteúdo.
Expor o texto em um número reduzido de linhas não parece ser fácil? Não se preocupe, a seguir estão alguns passos para se fazer um bom resumo e se dar bem:
- Faça uma primeira leitura atenciosa do texto, a fim de saber o assunto geral dele;
- Depois, leia o texto por parágrafos, sublinhando as palavras-chaves para serem a base do resumo;
- Logo após, faça o resumo dos parágrafos, baseando-se nas palavras-chaves já destacadas anteriormente;
- Releia o seu texto à medida que for escrevendo para verificar se as ideias estão claras e sequenciais, ou seja, coerentes e coesas.
- Ao final, faça um resumo geral deste primeiro resumo dos parágrafos e verifique se não está faltando nenhuma informação ou sobrando alguma;
- Por fim, analise se os conceitos apresentados estão de acordo com a opinião do autor, porque não cabem no resumo comentários pessoais.

UMA MENSAGEM PARA SER LIDA COM ATENÇÃO!


O NÓ DO AFETO

Em uma reunião de Pais a Coordenadora Educacional ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos. Pedia-Ihes, também, que se fizessem presentes o máximo de tempo possível.
Ela entendia que, embora a maioria dos pais e mães trabalhassem fora, deveriam achar um tempinho para se dedicar a entender as crianças.
Mas a coordenadora ficou muito surpresa quando um pai se levantou e explicou, com seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem de vê-lo durante a semana.
Quando ele saía para trabalhar, era muito cedo e o filho ainda estava dormindo. Quando ele voltava do serviço era muito tarde e o garoto não estava mais acordado.
Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para prover o sustento da família. Mas ele contou, também, que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho a que tentava se redimir indo beijá-lo todas as noites quando chegava em casa.
E, para que o filho soubesse da sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria.
Isso acontecia, religiosamente, todas as noites quando ia beijá-lo. Quando o filho acordava e via o nó, sabia, através dele, que o pai tinha estado ali e o havia beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles.
A coordenadora ficou emocionada com aquela história singela e emocionante.
E ficou surpresa quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da escola.
O fato nos faz refletir sobre as muitas maneiras de um pai ou uma mãe se fazerem presentes, de se comunicarem com o filho.
Aquele pai encontrou a sua, simples, mas eficiente. E o mais importante é que o filho percebia, através do nó afetivo, o que o pai estava lhe dizendo.
Por vezes, nos importamos tanto com a forma de dizer as coisas e esquecemos o principal, que é a comunicação através do sentimento. Simples gestos como um beijo e um nó na ponta do lençol, valiam, para aquele filho, muito mais que presentes ou desculpas vazias.
É válido que nos preocupemos com nossos filhos, mas é importante que eles sintam isso. Para que haja a comunicação, é preciso que os filhos "ouçam" a linguagem do nosso coração, pois em matéria de afeto, os sentimentos sempre falam mais alto que as palavras.
É por essa razão que um beijo, revestido do mais puro afeto, cura a dor de cabeça, o arranhão no joelho, o ciúme do bebê que roubou o colo, o medo do escuro. A criança pode não entender o significado de muitas palavras, mas sabe registrar um gesto de amor. Mesmo que esse gesto seja apenas um nó. Um nó cheio de afeto e carinho.

E você... já deu algum nó no lençol de seu filho, hoje?

Eloi Zanetti
 
Somos nós, FAMÍLIA E ESCOLA, uma equipe com o mesmo objetivo, o crescimento educacional dos nossos pequenos. Dedique a seus filhos(as) o tempo necessário, faça-se presente na vida escolar e nossa equipe sairá vencedora!

ESCOLA MENDES FARIA – 1º BIMESTRE - 2014